Meu carrinho Valor total: € 0.00
0
Nenhum item no meu carrinho

Atividade Sexual Frequente Faz Bem a Saude Masculina

Atividade Sexual Frequente Faz Bem à Saúde Masculina

Uma vida sexual ativa, seja acompanhado, seja consigo mesmo, é importantíssimo para o funcionamento do nosso corpo e sua manutenção. O sexo está relacionado também à saúde psicológica, controle dos níveis de estresse, e inclusive à autoestima.

Segundo estudos da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, os quais acompanharam cerca de 32 mil homens ao longo de 18 anos (de 1992 a 2010), ejacular uma vez por dia – ou ao menos 21 vezes ao mês – reduz em até 22% as chances de se desenvolver câncer de próstata. Esses estudos foram publicados na revista científica European Urology.

Porém muitos homens se privam desse benefício por conta de dificuldades na vida sexual. Esses homens, muitas vezes por receio ou ansiedade, resolvem não interagir sexualmente. Vejamos a seguir os principais problemas e algumas soluções.

Disfunções Sexuais Ligadas ao Corpo

A disfunção eréctil é o principal fator a impactar negativamente a vida sexual de homens pelo mundo inteiro. Em alguns países, sua taxa de incidência chega a alcançar cerca de 75% da população. Em Portugal, por exemplo, estima-se que mais de 400 mil homens sofram desse mal.

A disfunção eréctil consiste na dificuldade de o homem obter uma ereção ou de até mesmo mantê-la. Há graus variados de intensidade desse fenômeno, indo de uma certa lentidão para se atingir a ereção, uma ereção pouco firme, à completa incapacidade de se obter nada.

As causas da disfunção eréctil incluem, mas não estão limitadas a: diabetes; hipertensão; problemas emocionais; depressão; tabagismo; consumo excessivo de álcool…

Soluções para Disfunções Ligadas ao Corpo

Vejamos agora formas de atenuar ou anular os sintomas da disfunção eréctil. Dessa forma, você poderá ter uma vida sexual mais tranquila, prazerosa e saudável. Vale a pena ressaltar que nenhuma delas dispensa a visita ao especialista, pois apenas ele será capaz de investigar a causa principal de seu problema.

1 – Possuir hábitos de vida mais saudáveis

A disfunção eréctil se dá por conta da má circulação sanguínea. Por isso doenças como diabetes e hipertensão influenciam sobremaneira a intensidade dela. Portanto, comer frutas, verduras e legumes, principalmente laranja e beterraba, caminhar cerca de 30 minutos por dia, 5 dias na semana, ajudam e muito na diminuição dos efeitos da disfunção eréctil.

2 – Utilizar Medicamentos Inibidores PDE-5

A marca mais conhecida desses medicamentos é o Viagra (vendido de forma genérica sob o nome de seu princípio ativo – Sildenafil). Ele age no organismo dilatando as artérias que levam sangue para a região do pênis, ao relaxar os músculos. Dessa forma, ao menor estímulo sexual, é possível obter e manter uma ereção de modo satisfatório.

A duração dos efeitos desses medicamentos variam de 6 a 36 horas, dependendo do tipo de medicamento utilizado. Eles não influenciam na ejaculação prematura, essa duração de efeito diz respeito à facilidade de se obter uma ereção durante tal tempo.

Os à base de sildenafil (mesmo princípio ativo do viagra) são os mais utilizados, devem ser tomados cerca de 30 minutos a 1 hora antes do ato sexual e permanecem por menos tempo no organismo.

Os à base de tadalafil (o mesmo princípio ativo do cialis) ficam até 36 horas no organismo e podem ser tomados com 1 hora de antecedência, ou, dependendo da pessoa, com muitas horas de antecedência, pois o pico de eficácia (o ponto em que o remédio produz maior efeito após ingestão) varia de pessoa para pessoa.

Disfunções Sexuais Ligadas à Mente

As disfunções sexuais ligadas à mente existem principalmente por conta da ansiedade, e também pelo medo e pela insegurança. Elas são caracterizadas de forma diferente das física porque, diferente das outras, não possuem uma doença física como causa, apenas o estado de espírito do homem. A ejaculação prematura, por exemplo, é algo unicamente causado por fatores psicológicos.

Vejamos como tratá-las:

Soluções para Disfunções Ligadas à Mente

Esses problemas são os de solução mais simples, pois, como dito antes, o único obstáculo para o fim dos sintomas é o estado de espírito do homem, e não uma doença subjacente. Portanto, uma mudança de perspectiva melhora sobremaneira a vida sexual nesse aspecto.

1 – Cultivar a Paciência e o Autocontrole

A origem do problema é a ativação subconsciente do instinto de sobrevivência “lutar ou correr”. O homem acaba ficando tenso e, por consequência, tendo uma vida sexual menos satisfatória.

Cultivar hábitos que requeiram tempo e paciência – como a leitura atenta de textos; a meditação; exercícios físicos de baixo impacto – ajudam a, cada vez mais, tornar mais branda a manifestação desses instintos primitivos.

2 – Tomar Medicamentos à Base de Dapoxetina

A dapoxetina é a substância número 1 no tratamento da ejaculação prematura, é a mais utilizada há anos. A dapoxetina atua no organismo reunindo quantidades de serotonina, o hormônio do prazer, no cérebro. Isso provoca uma sensação de paz, prazer e bem-estar que, por sua vez, prolonga a duração do ato sexual.

Grande parte dos medicamentos à base de dapoxetina devem ser ingeridos, com um belo copo d’água, cerca de 1 hora antes do ato sexual.

Síntese

ndependente do caso, vimos que há solução para os sintomas de sua disfunção. O importante é conversar com seu médico, descobrir as causas de seu problema, e combinar tratamentos naturais e farmacológicos para mais rápido retornar à vida sexual saudável.

Leia nossos outros artigos e se intere mais sobre o tema!

Artículo relacionado

Productos relacionados

top

Apcalis Oral Jelly

top

Kamagra Oral Jelly

top

Kamagra Fizzy Tabs

top

Viagra Genérico

top

Kamagra Polo 100mg

top

Avana